Ferrari 365 GTB4 Competizione by Kyosho



O primeiro 365GTB/4 Competizione foi preparado em 1969. Com carroçaria em alumínio o carro participou nas 24h de Le Mans desse ano, acabando por sofrer um acidente nas sessões de treino o que impossibilitou a continuação na prova. A Ferrari não produziu uma versão oficial de competição até ao final de 1970. 


As unidades oficiais foram construídas em três séries de 5 carros cada, no final de 1970, em 1972 e 1973. Todos tinham carroçarias leves em alumínio e fibra de vidro, em janelas em plexiglas (acrílico). Na primeira série o motor era semelhante ao que equipava a versão de estrada, nas duas últimas sérias de 1972 o carro foi afinado de forma a debitar 400cv, chegando aos 450cv em 1973. 

Os carros não competiram às mãos da Scuderia Ferrari, chegando às pistas através de equipas privadas. O 365 GTB/4C gozou de bastante sucesso nas 24h de Le Mans, registando um 5º lugar na geral em 1971, seguido por uma série de vitórias na classe GT em 1972, 1973 e 1974. Em 1972 os cinco primeiros lugares da classe GT em Le Mans pertenceram ao 365 GTB/4C. 

O seu derradeiro sucesso verificou-se em 1979, cinco anos após o fim da produção, quando uma unidade produzida em 1973 conseguiu a vitória na sua classe (2º na geral) nas 24h de Daytona. 

A miniatura respeita a grandiosidade do modelo que representa. Num trabalho exemplar a Kyosho apresenta uma miniatura com imenso detalhe, um motor perfeitamente representado, o sistema de abastecimento rápido na bagageira e um cockpit exemplar e realista. O exterior tem também imenso detalhe, desde os reforços nos vidros às “escotilhas” funcionais nos vidros laterais, rodas e discos soberbos, e uma frente brutal com os enormes faróis e umas “barbatanas” feitas para rasgar o vento. É do melhor que se pode encontrar em diecast.





















































0 comentários: